Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

sábado, 18 de setembro de 2010

A Estrela e a Pedra

Margarete Solange..........................

     Majestosa estrela,
       Ao longe pequenina.
             Em sua morada
                  Tão rica, cintila.
                     Cheia de graça,
                          Pelo mundo viaja,
                             Sempre louvada,
                                Onde quer que ela vá.
                                   A pedra, singela,
                                     Sempre parada,
                                      Quieta na areia
                                       No meio do nada.
                                        Não depende dela
                                        Ser diferente,
                                        Mas é prudente
                                        Que cumpra
                                        O seu dever,
                                       Que seja feliz
                                      Com o que pode ser.
                                    A pedra por vezes
                                  Se cobre de brilho,
                                 A estrela talvez
                              Queira ser como a pedra,
                           A pedra nem sempre
                       Deseja reinar,
                   Mas sempre sonha
               Sair do lugar.
Margarete Solange. Inventor de poesia infantil: fantoches e poesias. 
Queima-Bucha, 2010.
.

Fonte: 

10 comentários:

  1. É interessante a construção da poesia, o jogo que autora faz envolvendo a estrela e pedra.

    ResponderExcluir
  2. Texto interessante!
    Acho que a autora quis dizer que a grama do vizinho é mais verde. A estrela conhece o mundo inteiro e talvez queira ser como a pedra, já a pedra tem o seu sossego, mas também gostaria de ser estrela.

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa poesia, me identifiquei muito. Aí! Parece até que a autora fez pra nós duas porque eu sou uma estrela e tenho muita admiração por ela. Ela é a rocha e eu, claro lógico, sou a estrelinha maravilhosa que brilha onde quer que vá. Dá muito certo porque a autora é uma pessoa simples, não faz questão de sair brilhando se exibindo por aí, embora goste de ser reconhecida pelo seu trabalho, e eu adoro o estrelato. Brigada autora pela homenagem. bjs

    ResponderExcluir
  4. Ah Aninha sem noção!!! O que ela diz nessa poesia é que nunca estamos felizes e/ou contentes com o que somos ou temos.
    Ai, ai como vc é "brisada"
    KKKKKKKKKKKK
    kikikikikiki
    kokokokokoko
    Te amo primaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  5. Oh, prima, a literatura é assim, na hora de interpretar a gente puxa para nossa experiência de vida. E a minha é essa: me exibir e estrelar. E ponto parágrafo, quem quiser que conte outra. bjs mulher linda e destemida. Nem te conheço pessoalmente mas sou tua fã.

    ResponderExcluir
  6. É isso ai Joseneide, Aninha não sabe nem analisar um poema, em tudo ela ver a imagem dela. O poema tem uma construção incrivel, com apenas uma estrela e uma pedrinha a autora transforma em um poema interessante, simples e que reflete nossa vida, na verdade nunca estamos satisfeitos.

    ResponderExcluir
  7. Ora, sabem de 1 coisa, primas? Se o poema diz q nunca estamos satisfeitos, quer dizer q vcs ñ estão satisfeitas com minha interpretação. A pedra tem seu valor e se veste de brilho, mas as pessoas ñ enxergam o gde valor da pedra, pq as pessoas só valorizam aquilo q reluz. A pedra reconhece sua simplicidade e reconhece q a estrela tem + chances de ser aclamada porque a estrela nasceu pra brilhar e as pessoas gostam disso: de estrelato, de pessoas famosas. Tudo bem q existem 1 alguém q inspirou a autora a criar essa sua estrela pequenina e pela gravura eu sei até quem é. Só q o leitor pode muito bem se identificar com a obra e se sentir o protagonista dela, portanto, deixem de implicar com minha interpretação. Sabe o q eu acho? Que todas vocês estão se identificando com a pedra, fazer o que? Só restou um alguém para ser a estrela, EU! hahahaha bjitos amiguitas. Adoro vocês minhas fãs

    ResponderExcluir
  8. Ver se pode... E que é uma minhoquinha!

    ResponderExcluir
  9. A pedra tem o sonho de sair do lugar, de bilhar e ser uma estrela, mas ela fica firmada no lugar dela. Mas estrela brilha cada dia mais. Acho que cada pessoa se identifica com a estrela e com a pedra. Nessa poesia Margarete é a rocha firmada no seu lugar e Maressa é a estrela.

    ResponderExcluir
  10. Concordo com o raciocínio de Maria.Até porque a palavra de Deus fala que a mulher sábia edifica sua casa,e esta mulher é forte e sua casa está firmada na rocha que é Jesus Cristo.Vejam seus filhos e até aqueles que são mais próximos a ela,têm brilho este pessoal e ela é uma rocha firme e forte.TÔ meio sem raciocínio!rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir