Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

Um Chão Maior

      Margarete Solange
.
Tudo que olho
Vejo através dessa lágrima
Que trago nos olhos.
Os momentos felizes
Perdem-se entre as tristezas
Que não são momentos.
Sou a verdade que não sabe falar
E os segredos que ninguém quer ouvir.
O que sou ninguém aceita.
Sigo pelo caminho
Que ainda não teve conquista
O que busco talvez não encontre,
Nem sei se existe,
Mas falta algo que não conheço:
Um chão maior,
Um céu mais perto
Ou um sonho eterno.
Não quero mais do que se pode ter.
Quero apenas sentir que tenho.
.

Margarete Solange. Um chão Maior. Santos, 2001.
.
O livreto Um Chão Maior foi publicado pela primeira vez em 1981. Uma segunda edição, reunindo 67 poesias, foi publicada em  2001. 
.
Em 2010, reunindo as poesias desta obra e outras inéditas até então, a autora publica um novo livro intitulado: Inventor de Poesia: Versos Líricos.


.


Visita ao Sítio Favela em 2010
Fotografias: Irakitã Xavier
.