Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

O Velho e a Flor

Poesia de Vinicius de Moraes
Por céus e mares eu andei
Vi um poeta e vi um rei
Na esperança de saber o que é o amor
Ninguém sabia me dizer
E eu já queria até morrer
Quando um velhinho com uma flor assim falou:

O amor é o carinho
É o espinho que não se vê em cada flor
É a vida quando
Chega sangrando
Aberta em pétalas de amor



Vinícius de Moraes 

Marcus Vinicius da Cruz e Mello Moraes nasceu no Rio de Janeiro em 1913. Foi diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor brasileiro. Grande poeta, essencialmente lírico, o poetinha (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos. Boêmio inveterado, era também considerado grande conquistador, casou-se por nove vezes ao longo de sua vida. A Escola literária na qual se classifica é o Modernismo.





3 comentários:

  1. Vinicius é TDB e TDM:
    Tradução:
    tudo de bom e também do melhor. ADGORO!

    ResponderExcluir
  2. Legal a poesia.
    Os escritores já gostam de escrever sobre o velho e alguma coisa.
    hehehehehe

    ResponderExcluir
  3. Ai como me faz bem este blog, a tempos não vinha por aqui e hoje tive um tempinho e me deparo com esse lindo poema !saudades Margarete

    ResponderExcluir