Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

sábado, 13 de novembro de 2010

David Rocha traz até nós um pouquinho da Angola.

Um certo dia fazendo um passeio virtual nos deparamos com David Rocha, rapaz simpático de 24 anos, muito bem equipado  trabalhando em Angola na área técnica de topografia com especialização em georeferenciamento, geoprocessamento e aerofotogrametria, compreenderam direitinho, não? Então vamos pular essa parte... Continuando, David em visita ao Brasil, aceitou o convite da escritora Margarete Solange e gentilmente nos concedeu essa entrevista.  Disse-nos que recebeu o convite de um amigo para trabalhar numa empresa de construção civil em Angola, e isso foi em 2007, quando nosso amigo tinha tão somente 21 anos.  Nada mal! Sinceramente, é uma atitude louvável, é preciso ter coragem para enfrentar o desconhecido num pais onde pessoas e culturas são bem diferentes da nossa. Que o diga o protagonista dessa história que passou um longo tempo comendo sardinha e pão. Mas como nem só de sardinha e pão vive-se em Angola, nem cedo nem tarde, David decidiu encarar o Funge de Bombô, uma comida típica do país, feita da mandioca. Satisfeito da vida, sentindo-se realizado profissionalmente, nos diz que depois de dois anos trabalhando na área de Construção Civil, passou a trabalhar com Pesquisas Geológicas. 
Uma paradinha para fotos.
Foto tirada na província do Cunene, Sul de Angola, Região onde vivem várias tribos de nativos. As jovens mulheres da Tribo dos Moacaonas vestem  unicamente saias e amarram cordas e cordões na cintura dando uma volta a cada ano que se passa. 
Que tal essa apresentação de Tradições? Um encanto!  
Agora, vamos com David fazer uma visitinha aos animais.
Aqui temos emoção de cultuar a Deus em terras distantes.
.
Analisando pelas belas fotos de seus álbuns que gentilmente  nos foi cedida, tudo parece uma grande aventura, mas a realidade diária é bem cheia altos e baixos, pedras e espinhos, rios, cobras e outros animais bonitinhos que surgem a todo instante como cervos e balbuínos dos quais é bem prudente manter certa distância. 
.
Estes são meninos caçadores: 
comem-se cobras nessa região.
.
Todavia segundo ele, nenhum obstáculo natural ou bichinho selvagem que aparece aqui e ali cruzando pelo caminho se mostram tão traiçoeiros e perigosos quanto as minas terrestres, restos das constantes guerras pelas quais passou o país. Angola chegou a ser considerado o país mais minado do mundo. Estando em Luanda desfruta de certo conforto, pois vivem em condomínio, onde a vida não é tão difícil e à noite dá para reclinar a cabeça em travesseiros sem sustos. No entanto, para desempenhar seu ofício, já viveu em vários lugares do país, morando no estaleiro (acampamento onde funciona a base da empresa) onde se recolhem as máquinas. Nesse alojamento, o lar tem o céu como teto e para o aconchego dormem em barracas.  As oito horas da manhã, após o DSS (dialogo de saúde e segurança) inicia-se a jornada de trabalho com duração de oito horas.


Com saudade e ternura, David nos diz que pressente que sua estada em Angola está chegando ao fim, e que durante esses três anos percorrendo os quatro cantos dessa pátria sofrida, tem conhecido pessoas de vários lugares: libaneses, portugueses, espanhóis, árabes dentre outros. E nessa interação entre raças e  nações, a comunicação se dá em português angolano ou num inglês sem pátria no qual vale tudo para se fazer entender. No fim de tudo, quando findar sua lida, restará saudade de lugares e gente que talvez não veja nunca mais, mas ficarão as lembranças de todas as coisas belas, boas e dolorosas que contribuíram para fazê-lo mais forte, mais humano, enfim, mas profissional.
Na foto acima, David que também tem curso de socorrista, atende a um colega de trabalho
.
Mas, espere ainda um momento, nossa reportagem ainda não acabou. Falta contar para vocês uma das histórias curiosas que David nos contou. Nessa ele entra como o grande construtor, o criador da singela ponte sobre o rio Macondo. Pois é, para trabalhar do outro lado desse rio, nosso amigo e seus companheiros tinham que atravessar enfrentando as águas e assim tinham que permanecer molhados durante todo o dia, até que de repetente uma idéia criativa lhe sobreveio. Assim sendo, procurou pelos arredores o material necessário para seu grande invento...
Senhoras e senhores vos apresento a magnífica obra de nosso artista...
"Antes todos passavam o dia molhado, por ter que atravessar a nado este rio, mas quando cheguei logo pensei: vou engenhar uma maneira de me safar, olha aí o resultadoooooo... Resfriado? Nunca mais...kkkkk" (palavras do grande inventor)
Pois é, uma ponte singela, sem formosura nem sofisticações, porém muitíssimo necessária e bem bolada. É isso aí, David, pra você, jovem inteligente e corajoso, tiramos os nossos chapéis.
Serra da Leba vista diurna.
Serra da Leba vista noturna
Opa, que moleza é essa, rapaz? Ah não é moleza, não! Esquecemos de dizer que em sua grande aventura, David também foi acometido de malária, mas isso já passou. Agora é aproveitar bem a vida na companhia dos novos amigos... E viva a diferença!
Grande abraço de todos nós que fazemos este estimado bloguinho.
.
Fotografias gentilmente cedidas
Por David Rocha

49 comentários:

  1. Adorei a entrevista com o David. Esse rapaz é realmente um jovem único, de carater invejável! Grande jovem de Deus. Admiro muito como pessoa e o amo também, afinal de contas ele é meu irmãozão... uhahuahua

    ResponderExcluir
  2. Tia Margareteeeeee, como ficou linda a minha História!!!, quero desde já agradecer a todos vocês do Blog, estou muito feliz com a publicação desta entrevista, essas foram algumas de muitas experiências que passei Além fronteiras e que tudo seja para Glória de Deus,
    Luvuvamu Lu M'Zambi Lucalayeto!!!(Kikongo Angola)
    Que a Paz do Senhor Seja Conosco!!!(Português Brasileiro)

    ResponderExcluir
  3. O prazer foi nosso, meu querido. Adoramos que nos tenha concedido essa maravilhosa entrevista. Sua história é linda e as fotos são fantásticas. Como já lhe disse antes gostei por demais da história da ponte, muito engenhoso seu invento. Fiz uma viagem até Angola através de seus álbuns. Grande abraço.

    Luvuvamu Lu M'Zambi Lucalayeto!!! Pra você também

    ResponderExcluir
  4. Jovem corajoso! Que o Senhor te abençoe e te guarde em todos dos seus caminhos. Gostei da construção da ponte, parabéns pela criatividade.

    ResponderExcluir
  5. Realmente uma linda história, o que nos mostra ser um Grande Homem.
    Parabéns pelo sucesso e principalmente por ter DEUS em primeiro lugar.

    ResponderExcluir
  6. Reportagem muito interessante, adorei!!!! David sua história é linda! Parabéns para quem escreveu e para o personagem da história. Quando chegar em casa comento melhor. No momento estou bem apressada, pois estou viajando de passagem pela Bahia. Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. História linda, fotos lindas, David, adogei. Deus te abençoe e proteja seja na Angola ou em qualquer lugar.

    ResponderExcluir
  9. Que ainha é essa ai?é aquela?Rafa sempre muito chique!Amei a reportagem,o rapagão é muito corajoso,só quem tem Deus em sua vida pra passar por tantos obstáculos com tanta maestria e bom humor.Parabéns pra vc e pra quem fez a reportagem ficou ótima,as fotos maravilhosas.

    ResponderExcluir
  10. Que menino corajoso!!! Muito interessante e muita coragem. Sair do país e ficar esse tempo todinho longe da família ao lado de pessoas diferentes. Mas é bom porque aprende outras culturas. Nem todo mundo tem essa coragem, tem que ter muita garra!!

    ResponderExcluir
  11. Achei muito linda a história de David: rapaz de muita coragem, tem minha admiração, merece muitas benção de Deus.

    ResponderExcluir
  12. De volta da Bahia... Este garoto é de coragem mesmo. É muito bom passar por essas experiências, conhecer lugares e pessoas diferentes. David continue nessa, e sempre com Deus. Tbm achei criativo a ideia da pontes, parabes. bjs

    ResponderExcluir
  13. Esse bixo é invocado mesmo, mais nojento de tudin... valeu DAVI...

    ResponderExcluir
  14. Só tenho algo a dizer: quando eu crescer quero ser igual a você David... hehehe ^^

    ResponderExcluir
  15. Atenção David Rocha, atenção David Rocha, por favor, comparecer ao blog para dar resposta aos seus fãs.

    ResponderExcluir
  16. Amémmmmmm meus queridos... Quero agradecer a todos vocês que postaram nesta reportagem, fico muito feliz, desculpa não estar respondendo de imediato a vocês, mas estou numa viagem, saí de Luanda na Quarta feira, debaixo de uma grande Chuva, por sinal uma das maiores que já ví em minha vida. hoje estou em Saurimo, Capital da Lunda Sul, mas já estou de partida para o Luau e Kazombo,cidades essas, que já ficam na Província do Moxico, fronteira com a República do Congo democrático e Zâmbia.essa viagem terá duração de uns dois dias,não terei comunicação nenhuma até chegar no meu trabalho, peço-vos as orações em meu favor e de meus companheiros, para que Deus mais uma vez nos guarde de todo mal.estarei voltando para responder cada comentário assim que puder... Que Deus possa continuar abençoando a Todos vocês... Manevudemuane, Kukeña Kwanzambi!!!(Lundadembo Angola)
    Obrigado, Paz do Senhor!!!(Português Brasileiro)

    David Darlan Rocha.

    ResponderExcluir
  17. Cheguei pessoal, mais uma vez estou nas fronteiras com Zâmbia e República Democrática do Congo, agradeço a todos que oraram em nosso favor,Quero agradecer de coração ao meu Amado irmão João Neto, bem como a Tia Margarete, pastor Jorge Morais, Alyane, Rafaela, Aninha, Nadijane,Maria José,Késia Maressa, Leon, Francisco e Marina. estou disponível para responder perguntas...
    Yeso Okussole,Ame vo Dussole(Unbundo Angola)
    Jesus te Ama, Eu também te Amo (Português Brasileiro).David Darlan Rocha.

    ResponderExcluir
  18. Minha pergunta é a seguinte David:
    No começo conforme surgiam os problemas, as dificuldades e a saudade do Brasil,
    Você pensou em desistir?

    ResponderExcluir
  19. Olá Marina, Sem dúvidas no começo foi a parte mais dificil que passei, naturalmente surge a idéia de desistir, voltar, mas crendo que nada acontece em Vão( Tudo tem um Propósito ), confiei em Deus, e sempre procurei estar na Sua direção. hoje posso dizer... Até aqui tem me ajudado o Senhor...

    ResponderExcluir
  20. Legal! Deus seja sempre contigo e vc esteja sempre nos seus átrios. Abraço.

    ResponderExcluir
  21. O que foi mais difícil para vc se acostumar de inicio: os costumes, a comida ou a saudade de casa, ou talvez outra coisa, sei lá.

    ResponderExcluir
  22. David na hora de tirar fotos com essas índias sem roupa nas parte de cima, você ficou constrangido? Sei que é o costume de lá, mas aqui isso é diferente. Quero saber tbm se vc comeu carne cobra por lá. rs

    ResponderExcluir
  23. olá IK, olha quando eu cheguei aqui me deparei com todas essas dificuldades que você citou, tudo isso foi dificil, mas o que me impactava mais era a saudade de casa e a pressão da minha família para que eu voltasse, é duro você ser contrário a sua família, porém eu sabia que existia um propósito de estar em Angola, Eu fui Chamadooooo, sempre procurei estar na direção de Deus.

    Paz do Senhor...
    Sds,
    David Rocha.

    ResponderExcluir
  24. Paz do Senhor Maria José, kkkkkkk, engraçado ninguém nunca havia me perguntado antes!!! porém vou ser sincero em minhas palavras, olha, nesta foto que você me viu com as Moacaonas, foi o primeiro contato que tive com este povo, eu fiquei super nervoso,rsrsrsrs, pelo fato de nunca ter visto ao vivo pessoas com tal costumes e culturas, então o mais importante para mim era registrar o momento, guardar para a posteridade aquele dia... não fiquei de nenhum modo envergonhado...,quanto a carne de cobra, tive várias oportunidades de experimentar, carne de Gibóia, mas nunca encarei não, em outras oportunidades me ofereceram rato também,mas nunca comí, o que comí muito até chegar a um ponto que não conseguia provar mais, foi pão e sardinha, que depois vim a trocar pelo funge de bombô(comida típica de África feito da farinha de mandioca fina)


    Paz do Senhor...
    Sds,
    David Rocha.

    ResponderExcluir
  25. Legal, David, gostei!! Obrigada pela resposta.

    Como vc é um rapaz bonitão deve encantar as moças por ai. Quero saber se você se casaria com uma moça daí que tivesse costumes bem diferentes dos nossos ou prefere uma brasileira? kkkkkkkkkkk
    A paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  26. kkkkkkkk, Sem dúvidas nenhuma, se o propósito de Deus em minha vida fosse casar com uma Africana eu me casaria sem problema algum, as Africanas são lindas, os costumes não seriam problemas, pois já estou acostumado, mas meu coração está no meu Brasil Brasileiro... Deus te Abençõe!!!
    Paz do Senhor.
    Sds,
    David Rocha.

    ResponderExcluir
  27. Oi, David, parece que as perguntas estão indo para o lado pessoal, sendo assim, também tenho uma no gatilho. A mulherada quer saber: seu coração no momento tem dona, ou está livre desimpedido?
    Responda se puder... hehehehe

    ResponderExcluir
  28. Que Legallll...esse blog ta ficando xique hein... faz um bom tempo que n entro e agora que entrei estou muito surpresa com tantas novidades interessantes, principalmente sobre a vida e historia de David, ainda n o conheço, mais conheço o João Neto... MAis esse David deve ser muito corajoso, e mostra ser um grande homem e trabalhador. Parabens pra vc...
    E Aninha vc ja quer saber se o rapaz é comprometido? olha Leon hein, ele pode ficar cm ciumes viu... rsrsrsrsr....

    ResponderExcluir
  29. Kkkkkkkkkkk, Pois é Aninha, bom, HOJE, 03/12/2010. estou Solteiro, porém tenho pedido orientação a Deus sobre um possível relacionamento...

    ResponderExcluir
  30. Paz do Senhor Layse!!!!, Obrigado pela consideração, é verdade, Aninha já que saber se estou solteiro...rsrsrsrs, Quando Leon ficar sabendo poderá ficar com Ciúmes.

    Deus a Abençõe grandemente...

    Sds,
    David Rocha.

    ResponderExcluir
  31. Davinhooo....o que falar desse Nobre rapaz dante uma historia tao linda...Naum é p qquer um nao viu PEssoal!!! GOstei da sua resp, qdo disse que se relacionaria com uma Africana..PQ nao??rsrsrs..POrem fiquei mas Feliz, ao saber que o coração dele é BRASileiro...srrss..!PEssoa Que admiro bastante..so tenho a dizer que ESPECIAl POr Demais!..PArabens..meu lindo...!

    ResponderExcluir
  32. Ah..Passei POr aqui novamente...PErcebi que Apesar de estar falando da "vida" de Davinho..MAs A Margarete SOlange, se retrata Como uma excelente escritora, e vim dar meus PArabens, por ser essa Escritora tao bem sucedida..e a proposito, aproveite li , outras obras de sua autoria(rsrsrs)..tudo de bom!

    ResponderExcluir
  33. Pazdo Senhor, Obrigada Gagau, pelas suas palavras... é verdade, concordo plenamente com sua opinião de Grande Escritora que é Tia Margarete Solange. Deus vos abençõe mais e mais.

    Sds,

    David Rocha

    ResponderExcluir
  34. Olá!
    Também me chamo David Rocha (David vieira Rocha) e fico feliz em saber que também és cristão.
    Moro em Fortaleza-CE e fiquei impressionado com suas imagens na Africa. muito bom mesmo.
    Trabalho pelo Min. da Saúde e também no Min. de Cristo.
    Paz e graça da parte de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  35. Olá David Rocha, obrigaduuu pela participação. Legal encontrar um Xará, não é?! David Rocha foi convidado a participar de nosso bloguito concedendo uma entrevista que resultou nessa bela reportagem. Vamos convidar o David para dar uma resposta a sua participação. Brigadão, amigo, e volte sempre!!

    ResponderExcluir
  36. Meu querido, é um prazer para mim poder compartilhar contigo o mesmo nome, muito legal...o que posso te afirmar é que a África está marcando minha vida com muitas experiências, Deus me prometeu e cumpriu o que Falou, estar hoje em África é o cumprimento da promessa de Deus na minha vida...Que Deus possa continuar abençoando a você e sua família cada vez mais...

    ResponderExcluir
  37. Tia Margarete, eu fico aqui rindo todas as vezes que leio esta entrevista e vejo a parte da história da ponte,kkkkk... ficou muito legal, afinal a senhora tem esse dom de juntar a história a palavras. Parabéns.

    ResponderExcluir
  38. Tia Margarete todas as vezes que leio esta entrevista, fico vermelho de rir quando vejo a história da ponte...kkkk, grande abraço a todos vocês do Blog.

    ResponderExcluir
  39. Meu amigo David, Que bom ver Deus agir assim na sua vida.
    Fico Feliz em saber o quanto Deus tem sido fiel contigo.

    Abraço

    ResponderExcluir
  40. Amém, é bom ver aqui seu comentário. mas queria saber o seu nome! Deus te abençõe grandemente.

    ResponderExcluir
  41. Olá, David, amigão, você é ROCHA!!! Sua reportagem ainda tá fazendo o maior sucesso por aqui. Em breve estaremos publicando aqui no Nosso Literário Bloguinho a nova reportagem com você. Já está pronta, falta somente a revisão. O Título é "David Rocha nos diz: “A gente sofre, mas se diverte". Não esquece de avisar a seus amigos e admiradores que tem também a reportagem “Vamos a África visitar David Rocha!” no blog evangelístico

    http://soucontigo.blogspot.com/2011/07/vamos-africa-visitar-david-rocha.html#comments

    Abração, amigo.

    ResponderExcluir
  42. Olá, Leon Fdes, pois é, eu estou super feliz em saber que ainda estão comentando nas entrevistas passadas, e fiquei super alegre com as postagens da nova entrevista no SouContigo, acabei de fazer alguns agradecimentos lá a Amigas e Amigos que entraram lá para comentarem. quanto a nova entrevista achei um máximo o Título, muito legal... A Criatividade da Equipe é sem Igual. Abraço a Todos já com Saudades...

    Luvuvamu Lu M'Zambi Lucalayeto!!!(Kikongo)
    Que a Paz do Senhor Seja Conosco!!!(Português)

    David Rocha.

    ResponderExcluir
  43. Bravo,bravissimo esse David. Muito interessante a construção da ponte.
    Che la Pace del Signore Sia Con Noi!!!(Italiano)

    Margleice

    ResponderExcluir
  44. É, a coisa aqui tá é boa. Dá até pra aprender idiomas! Bom, não manjo bem o italiano, não, mas vou ariscar que a tradução é:
    Que a Paz do Senhor Seja Conosco.
    Elementar meu caro Watson!
    (tomara que o nome Watson esta escrito certo, se não ninguém vai acreditar na minha tradução)
    shuashuashua

    ResponderExcluir
  45. Sì Leon, voi appena colpito... Grazie caro Margleice per la vostra partecipazione, che abençõe te signor ripetutamente.

    ResponderExcluir
  46. gostei demais dessa entrevista, por sinal foi a que obtivemos mais comentários, mais sucessos. fico me rindo com a história da ponte...hehehe.

    ResponderExcluir
  47. Nós também gostamos muito, Mr David Rocha, e estamos com saudades de suas reportagens no blog. Quando estiver no Brasil vamos combinar alguma novidade para matar a saudade de todos os seus fãs. Grande abraço

    ResponderExcluir