Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Amigo

                                                  Margarete Solange .
Quando amamos um amigo
E esse amor é verdadeiro, jamais acaba.
Não se apaga com o sopro do vento,
Não se perde com o tempo,
Nem some à distância...
Se o amigo sofre,
Sua dor nos aperta o peito.
Quando vence, nos alegramos de sua vitória.
Não o consideramos semelhante às pessoas comuns,
E ele é verdadeiramente alguém especial e raro.
Se nos magoa, rapidamente esquecemos suas ofensas
Se o ferimos e não nos perdoa,
Somos terrivelmente atormentados
pelas lembranças alegres
dos dias em que sorrimos juntos.
Mas mesmo assim lhe desejamos
todo bem desse mundo.
E, pelo resgate de sua amizade,
Daríamos metade de nosso tesouro.

*    *    *

Fonte: Margarete Solange. 
Um Chão Maior.  
Santos Editora, 2001..

4 comentários:

  1. É verdade!
    Bonito!
    Quando agente tem um amigo
    é do jeito que a poesia comentou.
    O negocio é encontrou esse amigo.
    kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. É verdade Maria.Tenho uma pessoa no meu coração entre muitas,essa poesia fala de tudo que estou passando no momento,esse trecho em especial me tocou bastante:
    Se nos magoa, rapidamente esquecemos suas ofensas
    Se o ferimos e não nos perdoa,
    Somos terrivelmente atormentados
    pelas lembranças alegres
    dos dias em que sorrimos juntos.
    Mas mesmo assim lhe desejamos
    todo bem desse mundo.
    E, pelo resgate de sua amizade,
    Daríamos metade de nosso tesouro.
    Linda poesia!

    ResponderExcluir
  3. Muito bonita a poesia.
    É isso ai, o que seria da vida sem os amigos queridos

    ResponderExcluir
  4. Margarete sempre usando de forma delicada e eficaz as palavras!

    ResponderExcluir