Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Contos Reunidos

Nos limites da imaginação e da mão daquele que cria, tudo se aproveita, nada se extravia. Na vida e na morte, no riso e no pranto, com uma pitada de sal, aumentos e descontos, temperam-se os pontos que se transformam em contos. Tudo se recria: fatos reais, sobrenaturais, o enredo que se lê e o incidente que se conta; o provável e o possível. Aquilo que foi ou mesmo coisa que jamais aconteceu convencem como verdades, especialmente se narrados pelo “eu”. Seja felicidade, tédio ou amargura, para um escritor, nada se perde, tudo se transforma em literatura. 
.
 Margarete Solange



Contos reunidos da escritora Norte-riograndense Margarete Solange traz uma seleção de histórias curtas, inteligentes e interessantes que “vão do trágicos ao cômico num piscar de olhos”, como diz o prefaciador José Roberto Barbosa. Com "Uma pitada de sal", aumentos e descontos essa nova edição reúne, num só volume de 312 páginas, os contos mais lidos e comentados da autora, entre os quais “Filhos da pobreza”, “Na vida e na morte”, “O perdão de Sofia” e outros publicados anteriormente nos livros “Mais Belo que o pôr do sol e “Ninguém é feliz sem problemas”, e ainda 18 histórias inéditas entre elas “A Intrusa” que recebeu premiação no concurso literários promovidos pela AMOL - Academia Mossoroense de Letras.


Margarete Solange 1,
Trecho de:
 Inventor de Contos
 in Contos Reunidos, 
Sarau das Letras, 
2014, p. 61


5 comentários:

  1. Para você Jucymário que já fez diversas analises das obras da autora Margarete Solange,
    E tem até trabalhos publicados sobre ela, vai ter muito que analisar, pois são vários contos. Continue publicado seus trabalhos aqui para a gente ler, viu?

    ResponderExcluir
  2. Os contos de Margarete Solange são bons D ++++. Valew minha favorita. Beijo do Leon

    ResponderExcluir
  3. Esses contos todos são bons. É verdade esse comentário que nada se perde, essa autora transforma tudo em literatura e parece mais a vida real. Quem lê se diverte. É engraçado principalmente "Na vida e na morte." Recomendo o livro e a autora. Ei gente, Juliete do conto "Uma pitada de sal" foi baseada em mim kkkkkk. Me identifique total. kkkkkk Quem for como Juliete tem que ler esse conto.

    ResponderExcluir
  4. Livro muito bom. É o Best Seller da escritora. Vale a pena ser lido, relido e trelido. História para divertir e refletir.

    ResponderExcluir