Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Oração ao Pai

Margarete solange

Pai, lembra-te de mim,

Pois sou pequenino.
Se eu me perder na multidão,
Estende-me a tua mão.

Lembra-te de mim
Quando eu crescer,
Porque por dentro
Eu serei sempre criança.

Não permita que eu
Seja adulto demais,
Para não ser tentado
A deixar de sonhar
E esquecer de ser feliz
Com as pequenas coisas.
Livra-me de desistir
De grandes sonhos,
Mesmo que pareçam
Impossíveis pra mim.

E pra que eu possa
Um dia te ver,
Não quero deixar de ser
Puro e simples
Como uma criança.



Fonte: Margarete Solange. 
Inventor de poesia infantil: 
fantoches e poesias
Queima-Bucha, 2010

5 comentários:

  1. Seria bom que fossemos sempre como crianças e termos os mesmos anseios e sonhos dos pequeninos, talvez isso nos fizesse viver melhor.

    ResponderExcluir
  2. Que oração linda e sincera. É um exemplo pra nós, que devemos orar assim tbm.

    ResponderExcluir
  3. Bonita oração. Exemplo de simplicidade e sinceridade.

    ResponderExcluir
  4. Amo essa poesia,meus sobrinhos sempre a noite lêem ela como oração e eu faço o mesmo trocando algumas palavras é claro!rsrsrsrs.É muito bom ser como criança,mas ñ queria ser uma hoje,está melhor assim,meio que esclerosada mas é bom.Esse cachorro e esse menino na ilustração e D+.Jorge se tu fosse uma criança perderia a oportunidade de ver e convivber com essa turma de maluquinhos.E aí?seria uma grande perca ou perda sei lá!Não tô conseguindo deixar recados no mural,ou será que ñ sei +.Minina de Deus essa minha memória é show!

    ResponderExcluir
  5. Ficou maginifica. A gente tem que ser como criança. O menino ajoelhando com o cachorrinho orando ficou muito bonitinho.

    ResponderExcluir