Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Metade de mim

                                                   poesia de Margarete Solange
Quem me dera pudesse trocar,
Reformar ou abandonar
Essa metade de mim
Que se enfada, reclama,
Não resiste, dá lugar à ira...
E diz coisas sinceras
Que ferem e magoam...
Essa metade que não consegue ser boa,
Lado ruim que, ao perceber nas pessoas,
Com veemência, critico
E recuso-me a tolerar.
Ah, eu queria ser somente
Esse meu lado solícito,
Que ri da adversidade,
Persevera sem se queixar,
Comemora vitórias,
E não fere ninguém...
Se pudesse prometer e cumprir
Seria justa e boa,
Para ser por todos aceita e amada.
Ah, como lamento que
Esse meu lado moderado...
Embora, por vezes, pareça inteiro,
É simplesmente uma outra
Metade de mim.

Fonte: Margarete Solange.
Inventor de Poesia:
Versos Líricos. 
Queima-bucha,
 2010, p.15

8 comentários:

  1. Esse poema é minha cara!Passei bom um bom período recetemente que só sabia ser intolerante,ñ me suporto quando estou assim.Estou no momento mais solícita kkkk,meu lado bonzinho está aflorando com a ajuda do meu amado Senhor!Essa poesia é muito verdadeira,todo mundo tem esse outro lado meu incoveniente!

    ResponderExcluir
  2. Bonita poesia, reflete o lado obscuro de todos. Um lado de devemos abandona, mesmo sendo difícil... Não creio, porém, que seja impossível.

    Beijos,
    Joanita

    ResponderExcluir
  3. Ai adorei! Assim como Nadj eu tbm me identifiquei. Se observamos bem o poema, ele é a cara de cada um de nós, reflete a "metade" q cada um de nós temos. Muito legal, o poema não é só verdadeiro, mas profundo e lindo.

    ResponderExcluir
  4. Num é que é mesmo. Na verdade as pessoas sempre tem essa metade. Ninguém pode deixar essa outra metade, tem que levar, cada um leve sua metade. kkkkkkk
    Essa poesia é muito bonita.

    ResponderExcluir
  5. Gentis, essi puema tá danado de bunitu, e é purque
    é só a metadi, imagina se fosse todin. Eita era bam dimais!
    Abraçu cumadi Nadijani.

    ResponderExcluir
  6. GENTE AMEI DE PAIXÃO ESTE BLOGKKKKKKKKKKKK
    ACHEI O MÁXIMO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Joceilma, pelas meigas palavras.
      sua participação nos deixa feliz.
      Big abraço de toda turma do literário Bloguinho.

      Excluir
  7. Cada poesia de Margarete Solange possui um destaque..
    Algumas deixam o brilho da linguagem lúdica..
    Outras, com um caráter inigualavelmente culto.
    Mas, essa poesia. Ah.. Essa poesia!!!
    Ela sim é COMPLETA.
    Como admiradora fiel desta escritora, só tenho mesmo que agradecer a Deus a existência da mesma!
    Com toda a simpatia, monta, desmonta, tira, coloca, brinca e arruma as palavras.. E com um toque inconfundível faz nascer a POESIA <<♥>>
    Ella siim merece todos os aplausos..
    Aaaah: ♥ Aninha ♥ Leon ♥ Nina ♥ DonAnona ♥ Marina.. Queriia conhecer todooooooos VCS :)
    Mar: Te adoroo tá?? Liindas Poesiias minha floor ^^

    ResponderExcluir