Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

terça-feira, 20 de julho de 2010

O POTRO, A MENINA E O VELHO - Poesia

 de Margarete Solange
.
Final de tarde,
Um potro brinca na campina,
Corre sem cabrestos,
Agita a cauda ao vento,
Sacode a crina
Relinchando, talvez
.
Feliz.
.

Na varanda da casa,
Quieta, canta a menina.
Deseja correr no pátio lá fora.
Ao longe, enxerga o potro
Que para e se inclina.
A menina cresce e sonha em ser
.
Livre.
.
No pátio, um velho sisudo
Não sonha, não canta, capina
O mato que cresce.
Cresce e sonha a menina,
Livre corre o potro pela campina,
E o velho apenas
.
Trabalha.
.
Cresce e sonha a menina...
.
Fonte: Margarete Solange.Inventor de Poesia: Versos Líricos
Queima-Bucha, 2010.
.

8 comentários:

  1. Bela poesia. Aos jovens o meu conselho:
    Sonhem principalmente porque são jovens, mas nunca deixem morrer seus sonhos.

    ResponderExcluir
  2. Tudo ficou massa, as figuras, foto... Amei a poesia. Pois é, devemos sonhar em ser livres, veja como o potro estava feliz porque era livre. E como disse Jorge, nunca devemos desistir de nossos sonhos.

    ResponderExcluir
  3. E aí, Lalá, abafando na foto, hein?! Quase não te reconheci, parece uma menininha. Tá linda, super gata!

    ResponderExcluir
  4. Adorei A poesia, as ilustrações e principalmente a foto da menina, rsrsrsrsrs... Mais ficou ótimo combinou a menina que cresce e sonha... E concordo com Jorge nunca permita que os seus morram... E Maria eu sou uma menininha...
    Um xeirão pra Autora Maria...

    ResponderExcluir
  5. Também gostei muito da poesia. Fala de um tema que para mim é fundamental na minha trajetória de vida: não desistir dos sonhos. As fotos ficaram otimas, principalmente a da menina rsrsrs.

    ResponderExcluir
  6. Eu tbém gostei da foto, viu layzinha querida, vc leva leito pra fotografar, ficou uma princesinha de amaryelo, linda, linda! Gostei tbém da sua poesia, autora querida: o velho trabalhando, a menina sonhando e potro correndo pela campina...
    A parte que adoro é a do potro que não trabalha e pode brincar livre sem preocupações, adoro essa vida boa que faz toda diferença. Só acho que senhora bem poderia ter trocado o potro pelo leão... ai eu iria ficar cheio juba, pq o poema estaria prestigiando alguém da minha família. Bjão do Leon pras duas, UAU!

    ResponderExcluir
  7. Obrigado Leonzinho lindo, lindo...Voce é muito fofinho.Saudades de voce...
    Adorei essa poesia tambem, de uma menina que fica quieta e canta, que deseja correr e ser livre que nem o potro, uma menina que sonha muitooo... Muito lindo essa poesia. Parece comigo...
    Um xeirão pra voce Leon, não me esquece tá? xerin e UAU... kkk

    ResponderExcluir
  8. Que velho bobo!Custava sonhar um pouco?
    Não caiam nessa minha gente,vamos sonhar bem alto e buscar realizar alguns dos sonhos certo?
    Amei a poesia,a menina é linda mesmo.

    ResponderExcluir