Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Bullying

O bullying é uma prática muito comum entre crianças, adolescentes, ou jovens adultos imaturos e desprovidos de cérebro, o bullying não tem nada de divertido, e suas vítimas podem sofrer traumas que mudam a sua vida para sempre, condenar alguém por ele ou ela ser diferente de você é uma forma de gritar para o mundo:” dãããã olha pra mim, eu sou idiota, mas acho que ele é maaais!”, pelo menos é isso o que se passa na cabeça de um valentão, ou, como no termo, bully, na verdade quem comete esse tipo de coação com alguém é porque sofre ou sofreu disso e quer se vingar em alguém a quem julga ser menor ou inferior, mas não é bem assim que as coisas funcionam, agindo assim você está colaborando para um mundo pior, parabéns você é um destruidor de sonhos. Ser gordinho, CDF, magrinho, negro, baixinho, pobre, orelhudo, autista ou qualquer característica que o agressor julgue como um defeito já o torna alvo fácil para o bullying, eles tentam te fazer acreditar que você realmente é inferior a ele, e te deixam triste e depressivo, porém eu tenho algo para te dizer, os agressores são pelo menos três vezes mais problemáticos do que suas vítimas, na verdade eles SÃO os problemas das vítimas, mas antes de julgar e condenar aqueles que cometem bullying olhe bem e procure avaliar os tipos de brincadeiras e a forma como você trata os tímidos, para que você não se torne um valentão inútil.



Texto de
Jorge Davi
Postado em
agosto de 2010 no blog


9 comentários:

  1. O termo "bullying" é novo, mas o problema sempre existiu. É um assunto importante e sério. Causa mesmo muitos males ser maltratado na infância com esses apelidos que denigrem nossa imagem. E é bem lamentavel que isso ocorra bastante em briguinhas entre irmãos.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Primeiro vou parabenizar Jorge Davi,bem claro seu texto,tmb filho de quem é!É verdade,Tenho irmã branca e preta,na escola chamavam elas de broa e bolacha preta,ñ é q/ na hora da raiva eu tmb chamava!Hoje rimos disso mas,a algum tempo atrás isso dava uma confusão.Hoje o bullying parece mais constante que naquela época.Gostaria até de entender porque.

    ResponderExcluir
  4. Sofri muito com esse tal de bullying embora quando era criança não existia esse nome enfeitado. Quando era menina, meus irmãos me apelidavam de várias coisas: eu era magra esquelética e por isso tinha vários apelidos, tinha os cabelos bastante volumosos e loiros demais, eles me chamam de cabelo de véia, além disso era obrigada a usar um franja porque tinha a testa grande, então eles me chamavam de burrinha de franja... Coitada de mim, não escapava, era um horror. Os apelidos me marcaram profundamente. Eu poderia não ser tão cismada e insegura se minha infância não tivesse sido marcada por tantos complexos.

    ResponderExcluir
  5. legal... estou voltando sorrateiramente por aqui...

    aguardem :)

    ResponderExcluir
  6. Estou aguardando mesmo, hein!
    Você aparece e some ora essa

    ResponderExcluir
  7. É isso ai Davi, texto bem escrito!
    Concordo com vc!

    ResponderExcluir
  8. Devemos ter cuidado de não apelidar ninguém, já que não queremos que façam o mesmo com a gente. A pessoa já está triste por ter esse o aquele problema e as pessoas ainda ficar falando nisso..

    ResponderExcluir
  9. Muito bom eim! Esse cara é bom mesmo!

    ResponderExcluir