Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

UM GRANDE AMIGO

de Margarete Solange

Entra dezembro, mais um ano termina.
Desejo reencontrar-te, grande amigo. Onde estás?
Sinto saudade de tuas conversas sobre a Florzinha e
O Pequeno Príncipe. Eu era tão menina. Procuro-te e
Não te encontro nesse mundo tão grande.

Ainda és responsável por aquilo que cativas?
Que distância é essa que ousou nos separar?
Um punhado de anos não separa os verdadeiros amigos.
Intimamente tua imagem me acompanha.
Não esqueci que descobristes o mar e o sol em meu nome.
Ouvi e guardei no peito os teus ensinamentos.

Acreditei em tuas palavras me incentivando e
Zelando por meus dias futuros.
Em ti encontrei alguém terno e sincero,
Verdadeiramente apaixonado por literatura.
Estradas longas não me farão esquecer-te.
Desçam sobre mim dias e noites, ainda assim
Ouvirei tua voz predizendo o que um dia eu seria.

Abraçarei a tua lembrança enquanto viver.
Bendigo o dia em que te conheci.
Resta-me tão somente dedicar-te os meus escritos e
A minha gratidão, querido mestre.
Amigo verdadeiro não se esquece jamais.
Ouça agora a minha voz onde quer que estejas.




– 2003 –

Fonte: Margarete Solange. Inventor de Poesia: Versos Líricos.
Queima-Bucha, 2010.


É o seguinte, galerinha TDB, essa poesia da autora Margarete foi feita em 2003, para um amigo que ela teve na adolescência e que foi muito importante para ela. Quem será esse amigo? Quem descobrir irá ganhar inteiramente de grátis, sem pagar nada, o livro Inventor de Poesia: Versos Líricos, obra na qual a poesia está inserida.  



E como fazer para descobrir? Sei lá, inventa uma idéia, quer dizer, eu sei mas não digo, se não perde a graça... hahahaha



Vamos ver que é bom em detetivar coisas.



É isso aí, mas veja bem, o ganhador será primeira pessoa que postar a resposta correta e explicar como foi que descobriu. Pessoas da família da autora não valem.



Corre senão alguém chega antes de você!



Olha aqui, pessoal, se alguém for mais rápido e mais esperto e descobrir a resposta antes de vc, nada de ficar todo amuado e sair de fininho sem comentar a poesia, faz isso, não! Olha considerações para com a autora que é gente fina. Só aqui entre nós, não conta... não conta... Ouvi dizer que a autora tá até meio enciumada porque vcs postam mais comentários quando o assunto é Aninha. Olha lá hein, pessoal, não vão querer que a autora caia de cima de uma mangueira bem alta só pra ficar querida e badalada como a nossa superstar Aninha Dicaprio.


Um big beijo da Marina e do Leon
UAUs
  .

48 comentários:

  1. Bem, como eu já sei a resposta, não vou dizer porque assim não vale. Mas vou comentar a poesia que é muito bela. Na poesia ao ler podemos sentir a sinceridade que a autora tem nessa amizade, isso é algo que acho um máximo, poder sentir os sentimentos do autor em seus escritos. Bom mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Gente, digam alguma coisa. Vcs entram e saem e não postam nada. Eu não respondo porque não sei mesmo. Sou linda e maravilhosa, mas sabe como é, meu raciocínio é de minhoca. Eu gostei muito da poesia, tão meigo essa coisa do Pequeno Príncipe a da Florzinha, ai, ai, adoro. Quem leu o livro o Pequeno Príncipe sabe que a Florzinha dizia que era a única no mundo, me identifico tanto com ela. Chego a suspirar!

    ResponderExcluir
  3. Para quem ainda não me conhece, sou a Superstar Aninha Dicaprio, leia sobre mim nos arquivos deste blog:

    Em julho/2010: "Vamos Contar Histórias?"

    Em agosto/2010: "Uma Nova História para Aninha", "Notícia de Última Hora", "Reviravolta no caso da superstar Aninha Dicaprio" e “Desfecho do caso aninha”.

    Pois é, Aninha sou eu: absoluta, maravilhosa...

    Beijos meus fãs!

    ResponderExcluir
  4. Tá difícil? Eu digo que não!
    Quem souber não vale dê dicas não, hein, o legal é que descubram por esforço próprio. Podem fazer perguntas, pedindo alguma pista, dependendo da pergunta, ela será respondida ou não por Leon ou Marina, ok?
    Bom trabalho, pessoal.

    ResponderExcluir
  5. Esta criatura ñ tá em um hospital do exterior ñ?É muito exibida,mas ñ consigo ter raiva dessa minhoca.
    Bom vamos lá.Eu creio q/ é o vô dela.Porque?Bem,eu quando pequena adorava meu avô,ele me contava estorinha,me elogiava e dizia o que eu seria quando crescesse.Sinto muito a falta dele,fico triste porque ele ñ chegou a ver a pessoa q/ me tornei.Lembro muito dele,suas estorinhas ñ eram a do Pequeno Príncipe,eram estorinhas q/ ele inventava.Que saudade!Acertei?
    Este blog tá afastando uma depressão q/ insiste em me perturbar.Parabéns pela nova cara do blog.Vcs são D+.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo carinho, Nadijane, folgo em saber que esse blog te alegra e te afasta da depressão. Esse é um dos motivos pelos quais sempre damos um jeito de estar por aqui postando obras e brincadeiras. A boa notícia é que sua participação nos motiva a fazer este blog, e a notícia não boa é que vc não acertou. Mas valeu muito a sua participação. Leia novamente o poema, é nele que vc deve buscar a resposta.

    ResponderExcluir
  7. Ah, esqueci de responder sobre Aninha. Ela tá no hospital sim, só que com um net book de última geração na cabeceira da cama para poder postar seus comentários para o nosso querido bloguinho. Bjão.

    ResponderExcluir
  8. Na verdade minha 1ª impressão foi q/ era Jesus Cristo,mas a 1ª estrofe me deixa dúvidas.Se valer uma 2ª tentativa vou de Jesus Cristo,as duas últimas estrofes deixam o meu raciocínio mais claro.Os versos abaixo são os que me levam crer que é Jesus.
    "Ouvi e guardei no peito os teus ensinamentos.
    Em ti encontrei alguém terno e sincero,
    Abraçarei a tua lembrança enquanto viver.
    Bendigo o dia em que te conheci.
    Resta-me tão somente dedicar-te os meus escritos
    e
    A minha gratidão, querido mestre".

    ResponderExcluir
  9. Tambem sinto falta de muita gente que fez parte da minha vida e ficaram pra trás. Felizmene alguns eu pude reencontrar atraves do orkut (Randy Kelly grande amiga de infância, meus amigos da ETFRN,Joelma dos tempos que morei no parque dos rios/Neóplis) mas infelizmente tantos outros o tempo e o espaço os levou pra longe. Fico saudosa com essa poesia (mesmo estando proibida pelo regulamento de responder)deixo aqui meu comentário sobre como me entristesse estar longe de minha terrinha NATAL.Pronto já tô melancólica e chorosa SNIF, SNIF

    ResponderExcluir
  10. Quando um camaleão está numa árvore, a gente olha e só vê a árvore, mas o camaleão está lá.

    ResponderExcluir
  11. Nadjane, apesar de não saber se vc acertou ou não, adorei a sua interpretação faz todo sentido... e outra a poesia é universal depois de pronta podemos dedicar pra quem quisermos.

    ResponderExcluir
  12. Nadij, amiga, tem um prêmio especial pra tu na comunidade da Escritora Margarete. Vc foi reconhecida pela sua assídua participação no Blog e comunidades da autora. O recado foi postado por Rafaela, a representante de vendas, mas é claro que fui e quem dei a idéia. Eu sou cheia de idéias, já deu pra perceber, né? Sou assim, resolvida igual a Josy a irmã da autora que mora em São Paulo: que mulher, sou fã dela. Pois é, quando a coisa ta lenta, vou lá e faço acontecer. Eu me acho demais, sou minha fã também.

    ResponderExcluir
  13. É isso ai, minha amiga minhoquita. Quando a coisa tá se arrastando feito passo de minhoca, eu viro borboleta e saio voando rápidez.

    ResponderExcluir
  14. Amei a sua idéia,obg,sou sua fã tmb.Rafa é espetacular tmb como representante de vendas.Eu queria participar porque sou curiosa,mas o correto é p/ quem ñ ganhou até hoje.Vamos lá minha gente participem!

    ResponderExcluir
  15. Nadj, meu love, já decifrou a charada da autora? Se não decifrou, procure decifrar, viu? E uma tarefa que estou lhe dando. Analise bem a charada do camaleão que ela postou acima e então que vc descobre o nome do amigo para quem ela fez a poesia. Beijo carinhoso, miga.

    ResponderExcluir
  16. Já fiz de tudo e ñ consigo decifrar,acho q/ tô ficando lerda.Gente vamos logo descobrir,estou roxa de curiosidade.Bjos Aninha.

    ResponderExcluir
  17. A poesia tá boa. Achei espetacular a homenagem para esse amigo que deixou tanta saudade. Mas não descobri ainda quem é esse amigo escondido, mas vou descobrir, Nadj, e como não posso participar porque sou parente da autora vou te dar a diga pra vc ganhar.

    ResponderExcluir
  18. Maria fico muito agradecida mas ñ posso participar porque já ganhei outra brincadeira.Ganhei agora outro por ser participante assídua do blog e das comunidades estou muito feliz.Ñ vejo a hora de saber que amigo é esse,já passou pela minha cabeça ser Joseneide,mas o que ela tem a ver com um camaleão?kkkkk

    ResponderExcluir
  19. Ô Nadij querida, nessa brincadeira do blog vc pode participar, só não pode nas brincadeiras das comunidades pq lá é só para quem ainda não ganhou o livro, ok?

    Quanto à dica que a autora deu para ajudar a descobrir o amigo escondido, vou esclarecer melhor. Ela disse:
    Quando um camaleão está numa árvore, a gente olha e só vê a árvore, mas o camaleão está lá.

    Com isso ela quis dizer que vc olha pra poesia e não vê o amigo, mas ele está lá.

    Raciocine-se, muiê: o camaleão se camufla na árvore e o amigo está camuflado na poesia.

    ResponderExcluir
  20. Querido,eu entendi que o camaleão camufla e q/ o amigo tá camufado.Eu lembro de uma conversa que tivemos quando trabalhamos juntas e nesta conversa ela mencionava a irmã mais nova,porém não tenho certeza ,acho que JOSENEIDE,até porque ela mora fora.Sera?

    ResponderExcluir
  21. Nadij, você ainda está fria. Veja bem, na poesia a autora se refere ao amigo chamando-o de "Querido mestre" isso quer dizer que ela fez a poesia para um homem, não para uma mulher. Não se trata de adivinhar, se trata de buscar e encontrar. A questão é bem “cientifica”, a resposta com todas as letras está na própria poesia. Um elemento que também pode ajudar é o livro Inventor de Poesia: Versos Líricos, há por lá uma pista. Procura, mas lembre-se que basta tão somente procurar a resposta na poesia. Não é só chutar tem que comprovar com o texto. Bjus querida.

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  26. É O SEGUINTE PESSOAL: a muito participativa e maravilhosa leitora Nadijane tentou, pesquisou, leu, releu e até treleu e quatreleu a poesia publicada neste poste e conseguiu descobrir para quem a autora fez os seus versinhos. No entanto, como essa mesma brincadeira está também nos tópicos de uma das comunidades da Escritora, os organizadores deste singelo e muito amado bloguinho decidiram ocultar temporariamente as respostas dadas por Nadijane para evitar que alguém desse uma leve coladinha. Além de dar a resposta, Nadijane fez uma explanação citando o texto afim de não deixar dúvida de que sua resposta está correta. Copiamos a conversa entre ela e o repórter Leon Fdes e quando uma outra pessoa descobrir aqui ou na brincadeira da comunidade publicaremos novamente a conversar entre os dois. Desde já agradecemos certos de que Nadijane compreenderá e aprovará nossa decisão, pois entraremos em contado com ela através do orkut. Anunciamos então que...

    A BRINCADEIRA CONTINUA.

    ResponderExcluir
  27. Tá difícil mesmo descobrir quem é o amigo misterioso, mas prometo voltar com mais tempo para responder...

    Ah, de fato o poema é lindo, mto bem escrito!!!

    ResponderExcluir
  28. Não está difícil, Jade Follett. Leu a dica que a autora deu no seu comentário? Pois é, ela disse que quando um camaleão está numa árvore, a gente olha e só consegue ver a árvore mas o camaleão está lá camuflado pela folhagem.

    A NOVA DICA É: procura o bicho entre as folhagens, ele está lá em algum lugar.

    ResponderExcluir
  29. Eu aposto que se meu amigo Adriel entra nesse blog ele acerta rapidinho.
    "a sorte favorece a mente preparada"

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. hahaha descobri,belo camaleão,tentou mas meus olhos fixos nele me fizeram descobrir,pelo "querido Mestre" pude observar q é um professor,e seu nome é Edson Aquino Azevedo Abraao
    uhuuu

    ResponderExcluir
  32. Legal, Verônica, matou a charada do camaleão e PÁ, acertou em cheio no bicho. Parabéns! Vc foi a segunda pessoa a descobrir o amigo escondido na poesia e ganhou também o livro Inventor de Poesia: Versos Líricos. Conhecemos algumas Verônicas e não sabemos qual delas é vc, Vc está em algum dos orkuts das pessoas que divulgam as obras da autora? Identifique-se e diga-nos como vamos fazer para lhe entregar o livro. Obrigada pela participação, e volte sempre. Vamos arranjar outras charadinhas pra vc desvendar. Abraço de toda turma.

    ResponderExcluir
  33. Verônica encontrou o nome do amigo escondido na poesia. Para quem passou por aqui apressadamente e leu a poesia somente uma vez e não conseguiu descobrir, aí vai uma última chance de também obter o prêmio prometido, basta comprovar com base no texto (a poesia Um Grande Amigo) que a resposta de Verônica está correta. Quem conseguir, será o terceiro ganhador do livro da Autora Margarete. Vc que chegou até aqui, e não tem pressa, ao trabalho.

    A BRINCADEIRA CONTINUA

    ResponderExcluir
  34. Vêka danadinha. Num é que ela é esperta? Menina bonita, bailarina e inteligente...
    É por isso que é minha amiga. Ai, tô meio " Aninha hj" kkk

    ResponderExcluir
  35. Oi!!! sou amiga da Josy,to no orkut dela tbm,mas anotem meu e-mail é :vevemoreno@hotmail.com
    (orkut):veronicasemmais@gmail.com
    bjoosss e obrigada!!!

    ResponderExcluir
  36. Obrigada a você, querida Verônica, pela participação. O seu livro será entregue por Josy, minha representante ai em São Paulo, ok?

    Josy, querida, Josy, ora, se Aninha diz que tu és a musa inspiradora dela, eita e minha também, poderosa hein, irmã mais nova! Beijos pra vc e sua amiga bonita, bailarina e inteligente.

    ResponderExcluir
  37. Ahhhhhhhh Veronica...
    É um poema acróstico...vc só decobriu pq eu te falei..uahuahua
    Mas agora falando sério..é uma bela poesia...
    Deixo claro que li a primeira vez e nada..mas depois lendo as dicas ficou fácil...
    Quem ainda não conseguiu continue tentando...vale a pena..
    Beijossss

    ResponderExcluir
  38. Parabéns para os que acertaram. E Josy, tu é convencida mesmo assim como Aninha? kkkk Ela que diz por ai.

    ResponderExcluir
  39. Mas afinal das contas a Heloise acertou tb? Donde ela tirou esse nome "acróstico" é muito cartesianismo.
    Ah! outra coisa "eu não me acho", me procuram kkk
    Não sou convencida nada, vocês é que tem que se convercer de que eu sou D+ kkk

    ResponderExcluir
  40. Aaaaaaaaaaaaah!!!!!!!!!!!
    Não acredito que não percebi antes!!!!!! rsrsrs
    O nome é Edson Aquino Azevedo Abraao, a Verônica descobriu porque é a letra inicial de cada verso da poesia...

    Agora olhando atentamente foi que eu percebi...

    Beeijo pra vcs e ótima charada!!!

    ResponderExcluir
  41. Ok, meninas paulistanas, brigaduuu pela participação.
    É isso mesmo o nome do amigo é formado pela primeira letra de cada verso e cada estrofe forma um nome. Portanto, pela participação e explicações dadas anunciamos mais duas vencedoras:

    HELOISE CABRAL E JADE FOLLETT.

    Josy, nossa super- poderosa representante de vendas em São Paulo, entrará em contato com vcs para entregar o livro Inventor de Poesia Versos Líricos a cada uma de vcs. Se ela não entregar, volta aqui pra reclamar.

    Anunciamos também que

    A BRINCADEIRA ESTÁ ENCERRADA.

    Se vc não acertou dessa vez, fica triste não, vc tenta de novo na próxima e quem sabe até nem acerte de novo. Não acertar tbm faz parte. KKKKK

    Big beijo do Leon. UAU!

    ResponderExcluir
  42. Ah!!!!!!!! Nem acredito, também ganhei o livroooooooooo!!!!! Td bem que eu demorei pra descobrir né? rsrs
    Ah, mas fiquei mto feliz, já sou fã da autora e agora vou ter tb um livrinho só meu!!!!

    ResponderExcluir
  43. Follett, amiga, fui eu quem te dei sorte! Foi assim! Eu olhei pro seu nome pensei: nome de estrela, deve ser uma amiga minha que eu não conheço ainda, daí eu pensei ela vai ganhar, então ganhou! Só não te dei uma colinha porque eu não sabia mesmo, não que eu seja capaz de descobrir, nada disso! Tenho lá minhas astúcias! Mas, sabe como é, vida de minhoca estrela não é fácil, aí, aí, eu sou demais! Não me sobra tempo quando leio uma poesia, leio uma linha e outra não, por isso o nome do cara não formou, hahaha. Beijo pra tu mulher, se é amiga de Josy, é gente finíssima, bem-vinda a turma das super-stars!

    ResponderExcluir
  44. Ah Heloise ganhou tbm?? não acredito kkkk mas é isso ai amiga de Josy,inteligente é kk por isso sou uma delas kk e mto bem descrita,bailarina,inteligente e bonita ebaaa a(a autora mesmo q disse rs).É...faço parte das convencidas kk por isso sou amiga da Josy kkkkk adoroo rsrsrs To louca pra começar a ler o livro!!!!

    ResponderExcluir
  45. Uma das nossas, adoggo!
    Amiga de Josy é tudo de bom e do melhor.
    Bj pra tu, bailarina maravilhosa.

    ResponderExcluir
  46. uhuu adoroo
    valeu Aninha!!!!
    bjo pra ti tbm maravilhosaaa

    ResponderExcluir
  47. Conforme prometemos, estamos exibindo a postagem que retiramos desta página, na qual NADIJANE responde corretamente o nome do amigo encontrado escondidinho em forma de acróstico. Havíamos retirado as postagens a fim que outras pessoas pudessem também participar da brincadeira. Parabéns a Nadijane pela assídua participação e por ter sido a primeira pessoa a matar a charada do camaleão.
    .
    Veja agora as postagens que foram retiradas no inicio dos comentários desta página:

    NADIJANE disse...
    .
    No livro foi fácil. EDSON AQUINO AZEVEDO ABRAAO.ACERTEI? E SE TIVER CERTO E ALGUÉM COLAR VAI TER PROBLEMA?.XERO MARINA E LEON.

    31 de agosto de 2010 16:57

    LEON disse...
    .
    Parabéns, Nadjane, maravilhosa!!! A resposta está certíssima!!! Só falta vc apresentar provas! Diga como vc encontrou esse nome. Aponte no texto as provas a fim de convencer os leitores de que a autora realmente fez a poesia para essa pessoa. Big bj do Leon!

    31 de agosto de 2010 17:16

    NADIJANE disse...
    .
    Eu não tenho muita certeza, mas me parece que esse tipo de texto se chama acróstico. Ele é feito a partir de cada letra do nome da pessoa, lá são quatro estrofes, cada verso inicia com uma letra do amigo.Vou fazer a 1ª estrofe.


    Entra dezembro, mais um ano termina.
    Desejo reencontrar-te, grande amigo. Onde estás?
    Sinto saudade de tuas conversas sobre a florzinha
    O Pequeno Príncipe. Eu era tão menina. Procuro-te
    Não te encontro nesse mundo tão grande.

    Olhando essas 5 1ª letras já ver EDSON,o restante estão no início das outras estrofes.Ufa! Dar pra entender?

    31 de agosto de 2010 18:21

    LEON disse...
    .
    Agora sim, Nadijane, sua resposta está devidamente comprovada com citação do texto e tudo mais. Esse tipo de poesia se chama acróstico, sim. Nesse tipo de poema as letras do inicio das estrofes formam verticalmente uma palavra ou mesmo uma frase. Neste caso, formou o nome e sobrenome de um grande amigo que a autora conheceu na adolescência. Esse amigo, que lhe emprestava livros e lhe incentivava a escrever dizendo que ela escrevia muito bem e que um dia seria uma grande escritora, foi seu professor por três anos no colégio Atheneu Norte-Riograndense em Natal. Essa amizade durou por muito tempo, mas eles perderam o contato quando a autora casou e mudou-se para Mossoró. Usando esse estilo, a autora fez uns poeminhas para cada um de seus filhos e publicou no livro Inventor de Poesia Infantil.

    Parabéns Nadijane, vc tentou, tentou até que acabou por descobrir o amigo "escondido" ou revelado na poesia. Aguarde e lhe enviaremos seu prêmio. Grande abraço de todos os organizadores desse nosso estimado bloguinho.

    COMO JÁ TEMOS UMA GANHADORA, A BRINCADEIRA ESTÁ ENCERRADA.

    Beijo do Leon, UAU!

    31 de agosto de 2010 19:03

    ResponderExcluir