Pesquisar este blog

Seguidores do Nosso Bloguinho - Mural Blogger

quinta-feira, 17 de junho de 2010

CORAÇÕES SIMPLES - Poesia

de Margarete Solange
.
Escrevo para agradar
Ou desagradar,
Depende de quem lê.
Almejo contentar
Homens e mulheres
De qualquer idade,
E tenho a idade que quiser ter.
Sinto o gosto do riso e do pranto...
Sinto e transmito.
Escrevo o que brota
Do chão do meu ser
E digo o que lateja
No íntimo de tanta gente.
Palavras correm pelas minhas veias
Fogem pelos meus dedos...
Calejados dedos
Que escrevem versos...
Versos que tocam
O coração dos simples,
Corações simples
Como o meu.
.
*       *      *
.Fonte:  Margarete Solange. Inventor de Poesia: Versos Líricos. Queima-Bucha, 2010.
.

9 comentários:

  1. \O/ ADOREI, muito marcante, mostra realmente o papel do escritor que é transmitir o que sente, as coisas que vem da alma, se vai agradar ou não... isso cabe a quem lê.

    PS: Parte que mais gostei:
    Sinto e transmito.Escrevo o que brota Do chão do meu ser E digo o que lateja No íntimo de tanta gente.

    ResponderExcluir
  2. Eu que pensei que já tinha visto e lido de tudo que vem de vc.Que nada!Parte que mais gostei:
    "E digo o que lateja
    No íntimo de tanta gente".
    Belíssima poesia!Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Amei o final ''versos que tocam o coração dos simples'',como a propria autora fala em coração simple como o meu.

    ResponderExcluir
  4. Legal!! Gostei mesmo de verdade. Gostei da parte que fala que toca o coração dos simples. Essa parte fala sobre a humildade e as pessoas que têm corações simples quando ler entende a mensagem que brota do coração da autora e da própria pessoa. Então a pessoa vai se encaixar na poesia. Eu me encaixei. Li e me identifiquei porque me acho humilde. Gostei também da parte que diz que a pessoa tem a idade que quiser ter, eu sou assim.

    ResponderExcluir
  5. E por falar em corações simples...

    Nadjane,
    ...
    Maria deixou uma mensagem para você nos arquivos de março na seção "Uma leitora especial".

    ResponderExcluir
  6. Maria deixei um recadinho lá pra vc também.

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo mesmo...
    E concordo com MAressa, mostra realmente o papel do escritor que mostra o que sente... é muito lindo isso..

    ResponderExcluir
  8. A autora se expressou bem, legal. Gosto de poesias assim.

    ResponderExcluir